Cordas de Bronze

Cordas de violão do tipo bronze normalmente tem som mais brilhante quando se compara a Phosphor Bronze.

Normalmente sua colação natural, quando nova é claro, é mais puxada para o dourado, já as cordas de fosforo de bronze tendem a ser meio avermelhadas. As marcas mais comuns para este tipo de cordas são:

Diferenças entre cordas de aço.

Ernie Ball Bronze

Diferenças entre cordas de aço.

John Pearse Bronze

D'addario Bronze

D’addario Bronze

Martin Bronze

Martin Bronze

Cordas Phosphor Bronze

Phosphor Bronze para violões tem um som um pouco mais quente do que cordas de bronze regulares. Muitos músicos acham este corda melhor para tocar com finger picking.  

Phosphor bronze é como bronze regular, mas tem uma pequena quantidade de fósforo adicionado a liga que compõe a corda.  O fato de ter fosforo na liga ajuda um pouco na durabilidade deste tipo de corda. Marcas comuns:

Bom sabendo disto agora já podemos definir se queremos um bom mais encorpado, Phosphor Bronze, ou um som mais ardido, bronze convencional.  Juntamos isto a espessura da corda e Voilà temos um som bacana.

Normalmente a galera pede sempre para colocarmos cordas mais pesadas em seus violões,  porem muito exageram na dose.

Algumas coisa não são tão compatíveis assim, pois quanto maior for a tensão mais grave é o timbre da própria corda e é claro por ser mais espessa será mais difícil usar alguma técnicas, como bends por exemplo.

Então antes de comprar uma corda mais grossa por causa do volume melhor que ela pode vir a gerar, pense em quais técnicas você costuma usar, antes de definir se será esta ou aquela corda.

Papo técnico.

Bronze, normalmente 80% cobre e 20% estranho. Já as cordas de bronze seguem em 90% cobre e 10% estanho.

Mesmo o bronze sendo mais mole que o aço ele ainda tem uma boa resistência a umidade, e no caso das cordas ao suor. O bronze foi descoberto em torno do 4 º milênio aC Usado para ferramentas, acessórios de barco e pratos.

Bom por hoje é só pepepepessoal !

Gostou do artigo?

 

 

 

 

  • Fernando

    Galera parabéns pelos artigos. Coisas que nunca ninguém fala por ai, até existem informações em alguns fóruns, mas nada tão bem explicado. Mal posso esperar para ler o próximo. E postem mais coisas sobre os instrumentos de vocês são lindos!

  • João

    Pô bacanão o site, fiquei muito feliz de achar. Pois estou começando a tokar agora e as materia sobre cordas ja me ajudaram. Parabens!

    • Fala João, bele?

      Obrigado pelo comentário. E boa sorte nesta caminhada!

      Abraços!

  • paulo henrique gomes da silva

    tô com uma dúvida,eu uso 0,11 no meu violão folk,s[o que queria um som mais grave e menos agudo,tava pensando em mudar o calibre da corda,para 0,12,será que pode vir a tracejar ou prejudicar o braço pela tensão?obrigado rapaziada

    • Fala Paulo. Bele?

      Trocando de 0.011 para 0.012 você terá sim um som mais encorpado, procure manter a mesma marca de cordas. Quanto ao trastajamento, seria legal ajustar seu instrumento para que ele funcione bem com o jogo de cordas novo e mais pesado. Ajustes no nut e tensor são bem vindos. Existe sim a possibilidade de trastejamento se não for feita uma regulagem em seu instrumento, e a possibilidade de danificar o braço por conta da tensão extra de cordas e quase remota.