Gibson Firebird X



Gibson Firebird X

A Gibson Firebird X é a primeira guitarra digital que nem o mais ferrenho ludita do instrumento analógico dispensaria. Ela pode ser um mero brinquedo para quem gosta de gadgets ou o companheiro perfeito para músicos. Antes dela, várias tecnologias de guitarra prometeram oferecer uma infinita variedade de sons e decepcionaram. Mas isso aqui é o que eu chamo de infinito.

Como a maioria dos guitarristas, eu não tenho exatamente medo de tecnologia — eu suspeito dela. Mas eu quero uma Gibson Firebird X a despeito das minhas aversões. Ela é basicamente uma Firebird com processamento digital on-board que te permite selecionar um número enorme de tons e efeitos. Eu ouvi com meus próprios ouvidos ela fazendo sons que variam da mordida nervosa do metal aos sons borbulhantes do blues.

qitara2-600x337

No início a guitarra pode ser um pouco intimidadora, graças aos controles estranhos no seu corpo. Ela não é tão fácil de usar quanto uma elétrica com componentes padrão. Mas depois que me mostraram o básico, eu pude pular de som em som sem muito esforço. Você escolhe entre nove diferentes bancos de sons usando um botão giratório e alterna entre os diferentes sons usando o que costuma ser o seletor de captador.

Os sons pré-configurados soaram muito bem nos fones de ouvido. Melhores do que qualquer coisa que eu já tenha ouvido. Mas para tirar o máximo dessa guitarra, você vai querer gastar tempo alterando esses sons ou criando os seus novos, usando o software da Gibson que vem com a Firebird X. Se você colocar a guitarra em modo de edição, pode mudar isso na hora, usando controles para distorção, compressão, equalização, além de efeitos baseados em tempo, como delay. Mas isso é tão complicado que eu recomendo que você faça antes de tocar.

qitara3-600x337

A Firebird X também tem a última versão dos afinadores-robô da Gibson. Coloque a guitarra em modo de afinação, bata nas cordas, e as tarraxas começam a se mover, ajustando perfeitamente cada corda em um instante.

A Gibson Firebird X é um incrível passo à frente para a tecnologia de guitarras, mas ela não é para qualquer um — e não só pelo preço de US$ 5.570. Parte do motivo do instrumento ser tão bom é o fato dele ser tão complicado de tocar. Em um dia você consegue aprender a navegar pelas configurações e a criar novos sons, mas para se tornar o mestre dessa guitarra você vai ter que suar e se dedicar muito. Para algumas pessoas isso pode ser um desafio emocionante que abrirá portas para novas possibilidades de prazer sonoro, mas para muitos de nós que mal têm tempo para tocar um pouquinho por dia, pode não valer a pena.

E ai gostou? Deixe um comentário.



Loud Custom Shop Guitars

Loud é uma oficina diferente. Deixamos de lado a distribuição em série para construir artesanalmente instrumentos únicos que se adaptem aos mínimos detalhes que você precisa ou simplesmente quer.De regulagens básicas a customizações extremas, a Loud está ao seu dispor pela realização daquela guita meio louca que você viu em seus sonhos e em loja nenhuma por ae. Precisa de uma cafeteira instalada no seu baixo? Um cinzeiro marchetado na sua viola? Então vamos conversar!