Neck-Thru

[one_half padding=”7px 7px 7px 7px”]

[/one_half]

[one_half_last padding=”7px 7px 7px 7px”]

Fala gente!

Bom continuando o assunto da semana passada, hoje vamos falar sobre o que faltou. Neck-thru guitars!

[/one_half_last]

Neck-Thru

Braço inteiriço ou  integral é um método construção guitarras e contrabaixo que envolve toda a parte de madeira que engloba todo o corpo, ou núcleo do corpo, braço propriamente dito e headstock do instrumento.

Pode ser feito em uma ou mais madeiras, dependendo do intuito da construção. Ponte, escala e  captadores são todos montados nesta peça.

As chamados “orelhas” ou “asas” (ou seja, partes laterais do corpo) são coladas ou laminadas a “vara” central.

As “asas” podem ser bookmatched, a fim de dar uma aparência simétrica, e muitas vezes são cortados a partir de uma peça de madeira.

neck-thru

Flamed maple bookmatched

Uma das primeiras aparições deste tipo de construção foi o baixo Audiovox 736 criado por Paul Tutmarc em meados de 1937, que pode ser também considerado o primeiro baixo elétrico do planeta, assim como as lapsteels que Tutmarc fabricava que foram umas das primeiras a aparecer com corpo sólido.

neck-thru

Audiovox 1935

“The Log”, ou a “A  torra, foi a guitarra protótipo de corpo sólido construída por Les Paul em 1941, pode ser considerado como um precursor dos instrumentos neck -through.

O Harmony  H44, 1952-1957 , também usa este tipo de construção.

neck-thru

Harmony H44

A Rickenbacker em 1956 foi uma dos primeiros fabricas de guitarras a usar a variante moderna desta técnica em sua guitarra hollow body, ou semi-sólidas.

Dadas as dificuldades de construção é bem difícil se ver este técnica empregada em massa, quando se comparado ao braço parafusado ou colado. E normalmente é encontrada apenas nas guitarra ou baixo high-end, ou top de linha das marcas.

Construção neck-thru é um pouco mais comum em baixos do que em guitarras.

A construção neck-thru permite acesso mais fácil aos trastes da região aguda do braço, porque não há necessidade de um tróculo, ou hell, grande na região ou o braço encontra o corpo.

O fato de não termo junção entre a área do corpo com braço faz com o este tipo de instrumento tenha um melhor sustain quando comparado a outras técnicas de junção. E pelo mesmo fator este tipo de instrumento tende a se manter melhor afinado com o tempo, pois não há nenhuma deficiência no encaixe, afinal não há encaixe, que prejudique a afinação do instrumento.

[one_half padding=”7px 7px 7px 7px”]

neck-thru

Guitarra neck thru, processo de construção

[/one_half]

[one_half_last padding=”7px 7px 7px 7px”]

neck-thru

Núcleo de neck-thru laminado.

[/one_half_last]

Manutenção

Quando falamos de manutenção deste tipo de instrumento temos um problema sério, pois eles são consideravelmente mais difíceis de se ajustar.

Caso tenha uma head quebrado, com impossibilidade de reforma, é muito mais fácil se desfazer de todo  núcleo, do que ficar tentado remendar. Muitas vezes é até possível converter um instrumento neck-thru em uma instrumento com braço parafusado.

Por este motivo  é comum pensarmos em um instrumento neck-trhu de uma forma mais ampla, prevendo o futuro do instrumento.

Nestes caso temos que contar com técnicas adicionais de construção como reforços de madeira, ou de outros matérias, para tornas o núcleo mais confiável.

O  melhor exemplo de melhoria mecânica é a laminação de materiais, como por exemplo a laminação de madeiras, que tem por fator principal reforças o núcleo do instrumento para que ele suporte melhor a tensão das cordas com o passar do tempo.

Instrumentos neck-thru mal construídos são inclusive difíceis de serem regulados. Muitas vezes o camarada que construiu o instrumento se esquece que o braço não solta do corpo e que não é possível fazer qualquer ajuste de angulação entre estas parte, fazendo com que o instrumento são consiga ser ajustado com uma ação de cordas baixa.

Hoje em dia a construção neck-thru é muito utilizadas por inúmeros fabricantes dentre ele:

[one_half padding=”7px 7px 7px 7px”]

[/one_half]

[one_half_last padding=”7px 7px 7px 7px”]

[/one_half_last]

SET-THRU NECK

Temos também o que podemos chamar de instrumentos quase integrais, ou set-thru neck, que combina as variáveis tanto do sistema colado quanto dos sistema neck-thru. Tal qual os outros sistema o set-thru neck quando mal construído é uma enorme dor de cabeça.

Falando de timbre podemos dizer que ele esta no meio do caminho entre os instrumentos colocados e os instrumento neck-thru.

 

Gostou? Assine o blog!

Junte-se a 4 outros assinantes