Salve, mulecada! Supimpa? A vez neste post é do Silas. Simplesmente Silas Fernandes. Acabou de sair “14 Years”, o disco novo do cara, que logo na primeira faixa “Metal of Deafness” apresenta uma abordagem musical bem excêntrica no meio instrumental brasileiro. Riffêra cabulosa, mano. Sério. Ouve lá!

Legal que a guita que o Silas estava praticamente reconstruindo na Loud saiu junto do CD, então o cara enfim tem uma sete cordas para afinar lá embaixo e tocar gan gan gan. Mas foi uma longa história….


Era uma vez uma guitarra sem nome, renegada e sem destino que o Silas jogou na nossa mão.


Do nada, ninjas malditos sequestraram corpo e braço… E sumiram por trás de uma bombinha de fumaça sem deixar rastros.


… Contudo, algum tempo depois, devolveram a guitarra assim.


Close da bunda.


Close da cabeça.


Foto 3×4.


Evil pinguim.


Soundrack do momento: Meshuggah.


Soundtrack do momento: Hatebreed.


Soundtrack do momento: RATM.


Soundtrack do momento: Sikth.


Para o alto e avante!

E é isso ae! Finalizando o dia, cá está o cara mandando um som na Expo desse ano:

E aqui um recado do cara himself: